ZUM Quarentena

Recomendações ZUM: reabertura de museus, arte latino-americana, Eugène Atget & Mauricio Lima, Ming Smith, German Lorca e mais

Publicado em: 02 de junho de 2020

Crédito da foto: Guligo Jia

E se centenas de criativas fotógrafas mulheres de mais de 100 países documentassem seus espaços privados e vida cotidiana durante a pandemia da covid-19?” Com essa pergunta/proposição postada em uma comunidade de fotógrafas no Facebook, a alemã Charlotte Schmitz deu início a um movimento que conta com mais de 400 profissionais ao redor do mundo. A norte-americana Hannah Yoon viu a postagem de Schmitz e se colocou à disposição para ajudar: “como muitas das fotógrafas participantes, nós nunca nos encontramos pessoalmente, mas tocamos o projeto remotamente, de nossas casas. Por meio de videochamadas, documentos online e mensagens de WhatsApp criamos O Diário”, comenta Yoon em matéria publicada pelo jornal Washington Post.

Questões pertinentes à reabertura de museus são discutidas ao redor do mundo. O site Artnet traz os diretores artísticos dos museus Walker Art Center, Pérez Art Museum Miami e o  Toledo Art Museum comentando suas abordagens e perspectivas. A revista Smithsonian analisa as estratégias para reabertura de museus italianos, que começa na próxima semana e incluem vendas online, grupos de até seis pessoas e monitoramento das visitações. Já o The Times traz a preocupação do setor cultural britânico com os pequenos museus.

No Brasil, a revista Select se debruça sobre o iminente colapso do setor cultural com a pandemia, analisando os impactos da crise, os limites das entidades privadas e os entraves das políticas públicas.

 

Série Bocanada, de Graciela Sacco

Em cartaz desde o dia 21 de maio, o projeto Pensar todo de nuevo, com curadoria da argentina Andrea Giunta, reúne trabalhos de artistas latino-americanos, com destaque para nomes como Adriana Lestido, Graciela Sacco, Rodrigo Orrantia, entre outros, e nos mostra um caminho de difusão e criação de conteúdo digital. Giunta concebeu a mostra antes da crise, discutindo “os sintomas de um mundo exausto”, e com a pandemia o trabalho ganhou ainda mais pertinência.

Ainda não está claro quando um festival de cinema pode ocorrer novamente – pelo menos um que mostre filmes nos cinemas. Até que a pergunta seja respondida, outro festival virtual está começando agora . We Are One apresentará mais de cem filmes de graça no YouTube até o dia 07 de junho. O evento online foi criado pelos organizadores do Festival de Cinema Tribeca de Nova York, com o apoio de festivais como Cannes, Toronto, Londres, Roterdã, Jerusalém, Locarno, São Sebastião, Tóquio e Berlinale. Entre muitas opções, vale assistir o documentário experimental Atlantiques, da diretora franco-senegalesa Mati Diop, a primeira mulher negra a ser representada na competição de Cannes, no ano passado.

Com o objetivo de auxiliar famílias afetadas pela pandemia no estado, a iniciativa Mulheres Cuidando de Mulheres reúne 60 fotógrafas e artistas visuais do Ceará.  Parte do programa Sol para Mulheres, o coletivo de fotógrafas está vendendo obras, sendo que os valores obtidos serão revertidos em cestas básicas e materiais de higiene pessoal para doação. “São imagens recentes e essa forma de expressão de cada uma é também um meio que nós estamos utilizando para que elas se coloquem diante do público”, revela a idealizadora do coletivo, Patrícia Veloso.

 

Esquina da Rue de Seine, por Eugène Atget (esq.) e Mauricio Lima (dir.)

100 anos depois, o jornal The New York Times convidou o fotógrafo brasileiro Mauricio Lima a refazer o percurso de Eugène Atget na Paris do início do século 20. Em ambas as ocasiões a cidade aparecia vazia, mas por razões diferentes: Atget despertava cedo para capturar ruas ainda sem o movimento do dia, enquanto Lima fotografa a cidade em plena epidemia da covid-19.

Brad Feuerhelm, editor da revista de fotografia contemporânea American Suburb X, lançou o projeto Nearest Truth, uma plataforma de podcasts com artistas, curadores e editores de fotografia. O projeto, em andamento, conta com nomes como Dayanita Singh, Maja Daniels, John Divola e Roger Ballen, entre outros.

Em comemoração aos 98 anos do fotógrafo German Lorca, a TV Cultura produziu uma matéria que conta um pouco da sua extensa trajetória e traz mensagens carinhosas de seus amigos e admiradores.

 

América vista através de estrelas e listras, fotopintura de Ming Smith, 1976

A exposição Escrevendo com luz (Painting with Light) apresenta a obra da artista Ming Smith até 5 de julho na galeria Pippy Houldsworth. Smith foi a primeira fotógrafa afro-americana a ter o trabalho adquirido pelo MoMA de Nova York. “’Eu queria capturar a espiritualidade, a humanidade dos negros, meu amor pela cultura negra”, diz a fotógrafa. ///

+

Leia também no #IMSquarentena uma seleção de ensaios do acervo das revistas ZUM e serrote, colaborações inéditas e uma seleção de textos que ajudem a refletir sobre o mundo em tempos de pandemia.

 

 

Tags: , ,