“Chão de estrelas”, de Tiago Sant´Ana

O projeto Chão de estrelas propõe a investigação de estratégias de fuga e libertação no período colonial brasileiro, discutindo como essas táticas criam reverberações no imaginário visual brasileiro . Inspirado por narrativas locais ou ditados populares, o artista criará um inventário visual das fugas composto por quatro fotografias e uma videoarte.

 

Tiago Sant’Ana. Santo Antônio de Jesus, BA, 1990. Artista visual, curador e doutorando em cultura e sociedade pela Universidade Federal da Bahia. Seus trabalhos imergem nas tensões e representações das identidades afro-brasileiras, refletindo sobre a permanência das estruturas coloniais, o racismo estrutural e as dinâmicas que envolvem a produção da história e da memória.