“Corpoflor – A anatomia da água”, de Castiel Vitorino Brasileiro

A partir de uma imersão na ilha de Upaon-Açu, Maranhão, a artista criará seis livros em parceria com a artista maranhense Gê Viana. O projeto Corpoflor – A anatomia da água propõe a experimentação de um corpo que se desloca não mais pela necessidade de fuga ou como resposta à violência, mas impulsionado por sinais de liberdade.

 

Castiel Vitorino Brasileiro. Vitória, ES, 1996. Artista, escritora e psicóloga clínica, mestranda no programa de Psicologia Clínica da PUC-SP. Castiel lida com os conceitos de drible, incorporação e mergulho na ontologia Bantu, assumindo a cura como um momento de liberdade, através de noções sobre espiritualidade e ancestralidade.