“A infinita história das coisas ou o fim da tragédia do um”, de Sofia Borges

 

A infinita história das coisas ou o fim da tragédia do um, de Sofia Borges, é uma pesquisa visual sobre fotografias, máscaras, colagens, performance e teatro que investigam a origem do mundo. O trabalho está conectado com outros já realizados pela artista, como a curadoria homônima realizada para a 33ª Bienal de Arte de São Paulo (2018) e o livro “O Pântano” (Editora Mack, 2016).

 

 

 

 

Veja imagens do ateliê da artista Sofia Borges:

Sofia Borges (Ribeirão Preto/SP – 1984)
Formada em Artes Visuais pela Universidade de São Paulo em 2008. Foi uma das fotógrafas indicadas ao Foam Paul Huf Award (Holanda) em 2010 e 2014. Publicou, em 2016, o livro The Swamp (O Pântano), premiado em concurso da Editora Mack (Inglaterra).