Radar

Exposição em Londres mostra 100 anos de fotografia em cores na Rússia

Publicado em: 04 de agosto de 2014

“Prímulas são as primeiras flores da primavera, a primeira cor a chegar na Rússia depois da neve, o primeiro amarelo, como o Sol vindo da terra”, explica Olga Sviblova, curadora da exposição Prímula: as primeiras fotografias em cores na Rússia, que abriu na última terça-feira, 26, na Photographer’s Gallery (Londres). A partir do recorte temporal de um século, que vai do período csarista até o fim da União Soviética, a mostra apresenta desde os pioneiros da cor, passando pela vanguarda construtiva russa que emerge da revolução, até a propaganda stalinista e o enfraquecimento do regime na década de 1980.

Entre os fotógrafos, o cientista-inventor, estudioso de física, matemática e química, Sergei Prokudin-GorskiiSuas fotografias são formadas pela sobreposição de três imagens monocromáticas disparadas sequencialmente pela câmera – modelo que ele próprio projetou.  Através desse sistema, Serguei fez o único retrato em cor existente de Liev Tolstói, tirado 1908, três décadas antes da Kodak lançar no mercado seu primeiro filme colorido.

A exposição, que traz ainda os fotógrafos Dmitri Baltermants, Alexander Rodchenko, Ivan Shagin, Vladislav Mikosha e Boris Mikhailov, fica em cartaz em Londres até 19 de outubro. Abaixo, apresentação da mostra pela curadora Olga Sviblova.

[vimeo width=”700″ height=”400″]http://vimeo.com/102238479[/vimeo]

Mais informações no site da Photographer’s Gallery.

IMAGENS © Multimedia Art Museum, Moscow & Moscow House of Photography Museum

Tags: , , , , , , ,