Bolsa de fotografia

Veja nota sobre o resultado da Bolsa

Publicado em: 13 de agosto de 2013

 

27 de agosto de 2013Reultado final

O Instituto Moreira Salles e a revista ZUM anunciam o segundo projeto vencedor da Bolsa de Fotografia 2013: Zoo, de João Castilho. Como já anunciado no dia 13 de agosto, o outro projeto vencedor é Microfilme, de Letícia Ramos. Cada bolsa tem o valor de R$ 65 mil e os selecionados terão um prazo de oito meses para a entrega do resultado final dos projetos, que fará parte do Acervo de Fotografia do IMS.

Projetos selecionados:

Microfilme, de Letícia Ramos

(Santo Antônio da Patrulha/RS – 1976)

Artista e videomaker, cursou Arquitetura e Urbanismo na UFRGS e Cinema na FAAP. Seu foco de investigação artística é a criação de aparatos fotográficos próprios para a captação e reconstrução do movimento e sua apresentação em vídeo. Seus trabalhos já foram expostos em importantes mostras e galerias, como a Tate Modern em Londres, 16º Videobrasil em São Paulo e Laboratório de Arte Alameda no México. Vive e trabalha em São Paulo/SP.

 

Zoo, de João Castilho

(Belo Horizonte/MG – 1978)

João Castilho é artista visual, trabalha com fotografia, vídeo e instalação. Realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Recebeu os prêmios Funarte Marc Ferrez de Fotografia em 2010 e o Prêmio Conrado Wessel de Arte em 2008. É graduado em Comunicação e Artes pela PucMinas, mestre em Artes Visuais pela UFMG e especialista em Artes Plásticas e Contemporaneidade pela Escola Guignard.

Criada para reforçar a aproximação do IMS com a produção fotográfica contemporânea, em sua primeira edição a Bolsa recebeu 895 inscrições vindas de todas as regiões do Brasil, além de material enviado por brasileiros residentes no exterior. Destas, 773 eram válidas e 122 foram desclassificadas por não cumprirem as exigências do edital.

Além da qualidade artística de cada projeto, também foram avaliadas pela comissão julgadora a qualificação do candidato, a viabilidade prática da proposta e sua relevância no panorama nacional.

Cada bolsa tem o valor de R$ 65 mil e os selecionados terão um prazo de oito meses para a entrega do resultado final dos projetos, que fará parte do Acervo de Fotografia do IMS.

 

Comissão julgadora

Tadeu Chiarelli, professor, curador e diretor do MAC-USP

Heloisa Espada, coordenadora de artes visuais do IMS

Sérgio Burgi, coordenador de fotografia do IMS

Thyago Nogueira, editor da ZUM e coordenador de fotografia contemporânea do IMS

 

16 de agosto de 2013Nota sobre o resultado

O Instituto Moreira Salles, a revista ZUM e a Comissão de Seleção da Bolsa de Fotografia decidiram rever o resultado divulgado na terça-feira, 13 de agosto de 2013, por entender, à luz de novas informações, que o projeto 360 m2, de Pedro David, um dos contemplados, não se enquadra integralmente na definição de projeto inédito proposta pelo edital. A Comissão de Seleção anunciará um novo vencedor nos próximos dias.

 

13 de agosto de 2013Resultado (ver nota acima)

A revista ZUM e o Instituto Moreira Salles anunciam os dois projetos inéditos selecionados para a Bolsa de Fotografia 2013:

Microfilme, de Letícia Ramos (São Paulo/SP) e 360 m², de Pedro David (Nova Lima/MG)

Criada para reforçar a aproximação do IMS com a produção fotográfica contemporânea, em sua primeira edição a Bolsa recebeu 895 inscrições vindas de todas as regiões do Brasil, além de material enviado por brasileiros residentes no exterior. Destas, 773 eram válidas e 122 foram desclassificadas por não cumprirem as exigências do edital.

Além da qualidade artística de cada projeto, também foram avaliadas pela comissão julgadora a qualificação do candidato, a viabilidade prática da proposta e sua relevância no panorama nacional.

Cada bolsa tem o valor de R$ 65 mil e os selecionados terão um prazo de oito meses para a entrega do resultado final dos projetos, que fará parte do Acervo de Fotografia do IMS.

 

Comissão julgadora

Tadeu Chiarelli, professor, curador e diretor do MAC-USP

Heloisa Espada, coordenadora de artes visuais do IMS

Sérgio Burgi, coordenador de fotografia do IMS

Thyago Nogueira, editor da ZUM e coordenador de fotografia contemporânea do IMS