Radar

Os contatos de Nan Goldin e Lewis Baltz

Publicado em: 11 de setembro de 2015

Os fotógrafos Lewis Baltz e Nan Goldin nasceram no mesmo dia, 12 de setembro, separados por oito anos. Goldin, de 1953, completa agora 62 anos, e Baltz, falecido ano passado, estaria ingressando na casa dos setenta. Ambos foram publicados no oitavo número da revista ZUM – Nan em uma entrevista exclusiva, em que fala de sua juventude junkie e da obra de outros fotógrafos que a influenciaram, e Baltz num perfil retrospectivo, escrito pela curadora de fotografia do SFMOMA.

Os dois fotógrafos também estão juntos no segundo dos três volumes de Contatos, coletânea de depoimentos em vídeo de grandes fotógrafos comentando suas produções, lançado em DVD pelo Instituto Moreira Salles. Se Lewis diz que nunca se viu como fotógrafo – “Nunca gostei muito de fotografia. Nunca senti uma ligação com sua, assim chamada, história. E até hoje não acredito, de fato, que ela tenha uma história. Tirei fotos porque era o meio mais simples e direto de gravar algo” –, para Nan a fotografia era uma “necessidade psicológica”: “Sabia desde pequena que a TV era diferente da vida real. Então eu quis fazer um registro da vida real. E essa necessidade não me deixava largar a câmera, eu registrava cada aspecto da minha vida e da de meus amigos. Então, a câmera funcionou parcialmente como minha memória”.

Assista a trechos dos depoimentos de Nan Goldin e Lewis Baltz em Contatos 2: A renovação da fotografia contemporânea:

[youtube width=”700″ height=”420″]https://www.youtube.com/watch?v=KSZn4UP_EMQ[/youtube] [youtube width=”700″ height=”420″]https://www.youtube.com/watch?v=t3iqCss-jcA[/youtube] Tags: , , ,