Revista ZUM 3

O melhor amigo do

Eduardo Climachauska & Rodrigo Naves

Eles revelam no pelo, no focinho e nas formas toda a longa mestiçagem que os gerou. Os cães de raça, ao contrário, parecem se referir a um tipo ideal, estável, e é em relação a ele que são julgados nos torneios e campeonatos. A ausência dessa proteção – uma raça que os abrigue – dá aos vira-latas uma singularidade ambígua: aquilo que os torna únicos é também sinal de abandono, a liberdade para escolher os parceiros condena-os a uma vida perigosa. Nas cidades, um cão sem dono pode no máximo ser o fiel companheiro de um sem-teto, compartilhando sua fragilidade.