Radar

A liberdade de Luigi Ghirri

Publicado em: 21 de março de 2014

Francesca Fabiani e Laura Gasparini, curadoras da exposição Luigi Ghirri. Pensar por imagens. Ícones, Paisagens, Arquitetura, em cartaz no Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro até 13 de abril, partem da biografia do fotógrafo italiano para delinear as influências que moldaram seu trabalho. Da atração por atlas geográficos e álbuns de fotografias familiares brotou a atenção para o banal cotidiano, pelo detalhe e pelas paisagens anônimas: mais que pelas paisagens, pelos lugares.

Isso define a liberdade de Luigi Ghirri: ver as coisas de forma objetiva, para além do lugar-comum e do estereótipo, e reencontrar um componente afetivo no olhar sobre esses lugares e coisas. “As imagens”, diz Gasparini, “são enigmas que se resolvem com o coração”.

Confira o vídeo feito por Laura Liuzzi:

[youtube width=”700″ height=”500″]http://www.youtube.com/watch?v=b1-mOy_xaPY#t=157[/youtube]

Para mais informações sobre a exposição Luigi Ghirri – Pensar por imagens no IMS do Rio de Janeiro clique aqui.