“Zoo”, de João Castilho

Onça parda

O ensaio Zoo, do fotógrafo João Castilho, um dos projetos contemplados pela primeira edição da Bolsa de Fotografia ZUM/IMS, em 2013, consiste em 16 fotos coloridas, que agora fazem parte do Acervo de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles. O conjunto retrata diversos animais silvestres em ambientes residenciais. Embora possa parecer simples, deslocar um animal de seu ambiente natural para um ambiente doméstico causa um grande estranhamento para o animal e para nós.

O principal intento de João Castilho nesse trabalho é explorar uma tensão entre animal, deslocado de seu lugar habitual, e homem (fotógrafo) dentro de seu suposto lugar de conforto. Essa presença inusitada do animal à espreita, tenso e inseguro, pronto para fugir ou para atacar; e a tensão vivenciada pelo artista e interpretada pela fotografia, usada como testemunho desse ato, suscitam reflexões em torno do que somos e de onde estamos.

 

João Castilho (Belo Horizonte/MG – 1978) é artista visual, trabalha com fotografia, vídeo e instalação. Realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Recebeu os prêmios Funarte Marc Ferrez de Fotografia em 2010 e o Prêmio Conrado Wessel de Arte em 2008. É graduado em Comunicação e Artes pela PUC-Minas, mestre em Artes Visuais pela UFMG e especialista em Artes Plásticas e Contemporaneidade pela Escola Guignard.

 

Leia entrevista com João Castilho sobre o projeto Zoo.

Arara Arara Cascavel Coruja Emu Furão Gavião Jabuti Jacaré Jiboia Macaco Raposa Tamanduá Tatu Teiu